terça-feira, 28 de junho de 2011

Música Instrumental Brasileira

Assim como o jazz, a música brasileira também tem tirado proveito da internet para se popularizar e alcançar um número cada vez maior de fãs. Para a nossa sorte, o Brasil tem uma das músicas mais influentes e prestigiadas do mundo. Nomes como Tom Jobim, Caetano Veloso, Chico Buarque, Milton Nascimento, João Gilberto, Elis Regina, Gilberto Gil e tantos outros são patrimônios brasileiros.

É claro que os nomes citados acima são a elite da música brasileira, mas não são representantes da música instrumental brasileira (M.I.B.). Uma observação importante é que muitos músicos não têm sites próprios e por isto não estão relacionados abaixo, como, por exemplo, Duofel, Claudio Roditi, Egberto Gismonti, Raphael Rabello, Raul de Souza e Robertinho Silva.

Aproveite para visitar os sites desses músicos e ter acesso ao trabalho de dezenas de instrumentistas brasileiros “esquecidos” pela maior parte da mídia tupiniquim.

Antes de você começar a navegar pelos sites indicados aqui, uma última dica. Atualmente, quase todos os músicos usam o Facebook e o Twitter para divulgarem seus trabalhos e unir seus fãs. Criado em 2004, o Facebook tem cerca de 1 bilhão de usuários em todo o mundo. No microblog Twitter - que tem a limitação de 140 caracteres por post - o principal objetivo é informar de maneira rápida e sucinta qualquer tipo de pauta. No caso dos músicos, a ferramenta é usada para divulgar shows e CDs e também para compartilhar fotos e links com notícias sobre o artista.

AIRTO MOREIRA - Radicado nos Estados Unidos desde os anos 60, o percussionista brasileiro forma a “tríplice aliança rítmica brasileira no exterior” ao lado de Paulinho da Costa e Naná Vasconcelos. Nascido em Santa Catarina, Airto tem parceiras inesquecíveis com Flora Purim, Miles Davis, Chick Corea e o Weather Report. Site oficial, em inglês.

ALBERTO ROSENBLIT - O veterano pianista, compositor e arranjador fluminense é responsável por boa parte das músicas instrumentais das novelas e séries da TV Globo. Além disso, tem sua carreira solo e gravações ao lado de Mario Adnet, Ivan Lins, Lenine, Celso Fonseca, Toninho Horta, entre outros. Site oficial e completo.

ALESSANDRO PENEZZI - A apurada técnica do violonista e compositor paulista já o levou a tocar com a nata dos instrumentistas brasileiros, entre eles Dominguinhos, Toninho Ferragutti, Zimbo Trio e Nailor Azevedo “Proveta”. Fã assumido do choro, Alessandro tem ajudado a levar o chorinho para as novas gerações. Site oficial e completo.

ALEXANDRE CALDI - O saxofonista carioca lançou seu primeiro disco solo em 2008 e deixou claro seu domínio em diferentes instrumentos de sopro. Além disso, também participa do grupo LiberTango e já tocou com várias feras da MPB (Gilberto Gil, Maria Bethânia, Moraes Moreira, Geraldo Azevedo e Elza Soares). Site oficial e completo.

ALEXANDRE GISMONTI - O sobrenome Gismonti parece não ser um fardo para o jovem violonista. Filho do genial Egberto Gismonti, com quem gravou o álbum Saudações, Alexandre lançou seu primeiro disco (Baião de Domingo) em 2010 e mostrou que o Brasil continua sendo um celeiro de grandes violonistas. Site oficial.

ANDRÉ MEHMARI - Nascido em Niterói (RJ), o jovem pianista, arranjador e compositor é uma das maiores revelações da música instrumental do país. Com formação clássica, o músico transita com facilidade entre jazz, MPB e outros ritmos brasileiros. Vencedor do Prêmio Visa em 1998, Mehmari participou do Tim Festival de 2006 e lançou um álbum ao lado da cantora Ná Ozzetti. Site oficial e completo.

ANTÚLIO MADUREIRA - O instrumentista pernambucano trabalhou com o Quarteto Armorial e compôs para vários espetáculos teatrais. Em 1998, tocou no Free Jazz Festival e foi aclamado pela crítica. O músico fechou seu site oficial e agora divulga seu trabalho por meio de sua página no Facebook.

ARI BORGER - No limiar entre o jazz e o blues, o pianista e organista Ari Borger é quase uma unanimidade quando se fala em Hammond B3. Com duas décadas de carreira, Borger já gravou com Flávio Guimarães e em 2007 lançou o disco AB4. Site oficial e completo.

ARISMAR DO ESPÍRITO SANTO - O músico santista é sinônimo de contrabaixo. Em três décadas de carreira, tocou com quase “todo mundo” do primeiro escalão da MPB. Nos últimos anos, lançou discos em parceria com Jane Duboc e Toninho Horta. Site oficial e completo.

ARRIGO BARNABÉ - O pianista, compositor e arranjador paranaense é um dos chamados malditos da música brasileira. Com o lançamento de Clara Crocodilo, em 76, o músico chamou a atenção da crítica. Desde então, Barbané participou de diversos projetos, entre eles trilhas sonoras de filmes como Ed Mort e Oriundi. O músico fechou seu site oficial e agora divulga seu trabalho por meio de sua página no Facebook.

ASTRUD GILBERTO - Radicada há 40 anos nos Estados Unidos, a cantora brasileira foi uma das responsáveis pela invasão da bossa nova nos EUA na década de 60 ao lado do saxofonista Stan Getz e do brasileiro João Gilberto, com quem era casada na época. Site oficial, em inglês.

AZYMUTH - O trio formado por Ivan Conti Mamão (bateria), Alex Malheiros (baixo) e José Roberto Bertrami (teclados) é um dos grupos instrumentais mais conhecidos no exterior. Com 30 anos de carreira, o Azymuth participou dos mais importantes festivais de jazz no Brasil e no exterior. Site oficial. Considerado um dos maiores violonistas do país, Baden Powell sempre foi mais prestigiado na Europa. Gravou com os grandes mestres da MPB e compôs canções inesquecíveis ao lado de Vinicius de Moraes e Paulo César Pinheiro. Site oficial.

BADI ASSAD - Irmã de Sérgio e Odair, do Duo Assad, Badi também tem o violão como seu instrumento. Com vários CDs lançados apenas no exterior, ela tem uma carreira respeitada nos EUA e parcerias com Larry Coryell e John Abercrombie. Site maravilhoso, com design moderno e muita informação.

BANDA MANTIQUEIRA - Seguindo os passos da eterna orquestra de Severino Araújo, a banda liderada pelo saxofonista Naylor “Proveta” traz músicos de primeira em arranjos criativos de grandes obras de compositores e ritmos brasileiros. Site oficial e completo.

BEBEL GILBERTO - Filha de João Gilberto e Miúcha, a cantora, nascida em Nova York, onde mora desde o início dos anos 90, é mais uma preciosidade desconhecia pela maioria dos brasileiros. Site oficial, em inglês, com fotos, biografia e discografia.

BENJAMIN TAUBKIN - Ao lado dos músicos Mané Silveira e Teco Cardoso, o pianista criou o selo Núcleo Contemporâneo para registrar e distribuir basicamente a música instrumental. Além de ajudar músicos “desconhecidos”, Taubkin também toca sua carreira de pianista. Site oficial e completo.

BRASILIDADE GERAL - Formado por oito jovens músicos - cinco deles ex-alunos da Faculdade de Música do Espírito Santo -, o grupo tem como característica a sonoridade das antigas big bands, mas com tempero brasileiro. Com seis instrumentos de sopros na linha de frente, o grupo já gravou com o saxofonista Bob Mintzer, cérebro do grupo Yellowjackets. Site oficial e completo.

CARLOS MALTA - Pode-se dizer que é um dos mestres dos instrumentos de sopro. Autodidata, Malta tem vários projetos em andamento, como os grupos Coreto Urbano e Pife Muderno. Músico de estúdio, gravou com grandes nomes da MPB e tem uma carreira solo irretocável. Site completo.

CÉSAR CAMARGO MARIANO - Arranjador, pianista, compositor e produtor, César Camargo é um dos músicos mais completos e talentosos do Brasil em atividade. Trabalhou com os principais nomes da MPB e nos últimos anos virou “o pai da cantora Maria Rita”. Recentemente, lançou um disco com o violonista Romero Lubambo. Site oficial e completo.

CHICO PINHEIRO - Considerado um dos mais promissores talentos da música instrumental brasileira dos últimos anos, o violonista, compositor e arranjador paulista lançou três discos solos com participação de grandes músicos como Lenine, Jacques Morelenbaum, Gilson Peranzzetta e Proveta. Em 2004, participou do TIM Festival e em 2007 lançou um CD ao lado do guitarrista Anthony Wilson. Site oficial e completo.

CHIQUINHA GONZAGA - Nascida no tempo do imperador D. Pedro II, a maestrina e pianista Chiquinha Gonzaga enfrentou o preconceito da época e se tornou uma das figuras mais importantes da música brasileira. A página traz uma extensa biografia, vídeo, fotos e muito mais.

CLAUDIO CELSO - O guitarrista brasileiro radicado nos Estados Unidos é mais um talento que precisou deixar o país para ser ouvido. Antes de ir aos EUA, fez parte do Zimbo Trio. Em terras estrangeiras, tocou com dezenas de músicos e foi mentor de guitarristas brasileiros como Victor Biglione e André Cristovam. Site oficial e completo.

CYRO BAPTISTA - Assim como Naná Vasconcelos, o percussionista Cyro Baptista é um dos mais requisitados instrumentistas nos EUA. Ele já tocou com feras como Paul Simon, Caetano Veloso e Wynton Marsalis. Site oficial com biografia, fotos e muito mais.

DA DO - O saxofonista e flautista paulistano é outro talento da música instrumental brasileira desconhecido. Mas seu anonimato não o impediu de tocar com grandes nomes da MPB, entre eles Martinho da Vila, Paulinho da Viola, João Donato e Wagner Tiso. Em 2014 lança seu quinto disco, Zanzando.

DANI GURGEL - A cantora e multi-intrumentista foi influenciada pela mãe Débora, pianista que a acompanha em discos e shows. Além da música, Dani também é fotógrafa profissional e trabalha na divulgação de novos talentos. Site oficial e completo.

DERICO - O saxofonista e flautista do sexteto do Programa do Jô, do comediante Jô Soares, tem uma longa história dentro da música. Com a notoriedade da TV, Derico tem conseguido levar a música instrumental para um público cada vez maior. Além dos discos lançados com o Sexteto, o músico tem CD ao lado do irmão, o pianista Sérgio Sciotti. Site oficial e completo.

DIEGO FIGUEIREDO - O jovem paulista é um virtuoso do violão. Aclamado pela crítica internacional, Diego tem encontrado mais espaço para sua música na Europa. No Brasil, já tocou com Paulinho da Viola, Toquinho, Morais Moreira e Marco Suzano. Site oficial e completo. Em 2009, lançou o disco Dadaio, ao lado de Robertinho Silva e Rodolfo Stroeter.

DINO RANGEL - O guitarrista de Niterói (RJ) tem uma carreira discreta, mas de grande qualidade musical. Em 20 anos de carreira, gravou alguns discos autorais, acompanhou a cantora Ithamara Koorax e tem se apresentado nos principais festivais do país. Site oficial e completo.

DOM SALVADOR - O pianista paulista é outro patrimônio brasileiro que foi tocar em outras freguesias, mais exatamente nos EUA. Antes de se mudar, nos anos 70, tocou com grandes nomes da MPB como Edu Lobo, Jorge Ben, Tom Jobim e Elis Regina. Após 30 anos sem gravar por aqui, lançou o disco Dom Salvador Trio, lançado pela Biscoito Fino. Site oficial. Em inglês.

DUDU LIMA - O baixista mineiro é mais conhecido pelo público como o “baixista do Stanley Jordan”. Sempre que o guitarrista norte-americano vem ao Brasil, Lima é convidado para tocar com ele. Além disso, Dudu já tocou com feras como Hermeto Pascoal, Arthur Maia e Mauro Senise. Em 2007, lançou o DVD 20 anos de pura música (ao vivo). Site oficial e completo.

DUO ASSAD - Com meio século de carreira, os irmãos Sérgio e Odair Assad são aclamados mundialmente como violonistas do primeiro escalão. A dupla tem na Europa seu maior público e já gravou dezenas de CDs de música erudita, tango, mpb e choro. Site oficial e completo.

DUOFEL - A dupla de violonistas formada pelo paulista Luiz Bueno e o alagoano Fernando Melo tem mais de três décadas de carreira. Tocaram com Hermeto Pascol, Tetê Espíndola, Sebastião Tapajós, entre outros. Site oficial e completo

EDU RIBEIRO - O baterista catarinense é figura onipresente no circuito instrumental paulistano. Já tocou com Yamandú Costa, Paulo Moura, Johnny Alf, Toquinho, Chico Pinheiro, entre outros. Edu também gravou discos solos ao lado de outros jovens instrumentistas, como Thiago Espírito Santo, Daniel D’Alcântara e Paulo Paulelli. Site oficial.

ELIANE ELIAS - Pianista paulista radicada nos Estados Unidos, Eliane Elias tem um trabalho respeitado em todo o mundo. Com quase duas dezenas de discos no currículo, a pianista tem gravações marcantes ao lado de Herbie Hancock, Bob Brookmeyer e Oscar Castro-Neves. Site oficial e completo.

EUMIR DEODATO - Há quase 40 anos fora do Brasil, o fluminense Deodato tem no exterior o mesmo prestígio que Quincy Jones. Suas músicas e arranjos já foram gravados por feras como Tom Jobim, Sarah Vaughan e George Benson. Nos anos 90, ele trabalhou com a cantora Bjork. Site oficial e completo.

FLÁVIO GUIMARÃES - Gaitista do grupo Blues Etílicos, o músico carioca apareceu no meio dos anos 80 e desde então é referência dentro da cena do blues e da gaita no Brasil. Além dos trabalhos com os Etílicos, Flávio tem uma consolidada careira solo e já dividiu o palco com lendas do blues como Buddy Guy e Charlie Musselwhite. Site oficial e completos

FLORA PURIM - Radicada há 40 anos nos EUA, a cantora fluminense é pouco conhecida no Brasil, mas aclamada no exterior. Ao lado do marido Airto Moreira, ela conquistou o seu espaço fora do país e acompanhou feras como Chick Corea, Stanley Clarke e Carlos Santana. Site oficial, em inglês, com biografia, discografia e fotos.

GABRIEL GROSSI - Aluno do lendário Maurício Einhorn, o gaitista carioca é um dos poucos representantes do instrumento que tem conseguido espaço nos últimos anos. Ao lado de Hamilton de Holanda, Marco Pereira ou em discos solos, Grossi é certeza de boa música e interpretações inesquecíveis. Site oficial e completo.

GILSON PERANZZETTA - O pianista, compositor e arranjador fluminense é um patrimônio da música popular brasileira. Com 40 anos de carreira, Peranzzetta é um dos arranjadores mais requisitados do país. Gravou com Quincy Jones, Ivan Lins, Mauro Senise, Lenny Andrade, entre outros. Site oficial e completo.

GUINGA - Depois de quase 30 anos como músico, o violonista carioca gravou seu primeiro disco em 1991. Desde então, ele é aclamado como um dos maiores instrumentistas e compositores do país. Site oficial e completo.

GUSTAVO ASSIS-BRASIL - O guitarrista gaúcho é mais um músico que deixou o Brasil para fazer carreira no exterior. Formado em violão clássico, Gustavo foi para os Estados Unidos estudar na renomada Berklee College of Music, em Boston. Além de lecionar, o guitarrista também lançou um DVD ao vivo e discos com o Dig Trio. Site oficial, completo e em inglês.

HAMILTON DE HOLANDA - O jovem bandolinista carioca é uma das principais figuras do choro no país. Nos últimos anos, tocou nos principais festivais da Europa. No Brasil, gravou com a nata da MPB como Altamiro Carrilho, Hermeto Pascoal, Ivan Lins e João Bosco. Outro destaque é a parceira com o acordeonista franco-italiano Richard Galliano. Site oficial e completo.

HÉLIO ALVES - O pianista brasileiro é mais um músico que acabou se mudando para os EUA. Assim como Claudio Roditi, Romero Lubambo e Duduka de Fonseca, ele goza de grande prestígio no exterior e já gravou com feras como Paquito D’Rivera e Joe Henderson e as cantoras Rosa Passos e Joyce. Site oficial e completo.

HERMETO PASCOAL - O bruxo Hermeto é unanimidade quando o assunto é talento e criatividade. Famoso por tirar som de qualquer objeto, o alagoano ganhou o mundo com suas composições de vanguarda. Site oficial.

ITHAMARA KOORAX - Considerada uma das melhores cantoras do mundo - já trabalhou com Dom Um Romão, Eumir Deodato, Gonzalo Rubalcaba, entre outros -, a brasileira vive desde os anos 90 no exterior. Mesmo assim, continua fazendo shows pelo Brasil e lançando discos em português. Site oficial desatualizado, mas vale uma visita.

IVO PERELMAN - O saxofonista paulista mudou-se para os EUA em 1981 e apenas em 2006 fez seu primeiro show no Brasil. A distância de sua terra natal tem alguns motivos, entre eles tocar um free jazz da pesada que dificilmente teria espaço por aqui. Site oficial em inglês.

JEFFERSON GONÇALVES - O jovem gaitista carioca é mais um representante brasileiro do blues. O músico mistura os ritmos brasileiros - forró, baião, xaxado, maracatu - com o blues norte-americano, criando assim uma música autoral e deliciosa de se ouvir. Com a gaita diatônica ou a de chave, Jefferson é garantiu de boa música. Site oficial e completo.

JOÃO DONATO - Com mais de 50 anos de carreira, o pianista, arranjador e compositor João Donato tem na bagagem músicas compostas com João Gilberto, Eumir Deodato e Gilberto Gil. É uma dos músicos brasileiros que mais flerta com o jazz. Site oficial com fotos, biografias, partituras e muita informação.

JOÃO RABELLO - O jovem violonista tem em sua herança genética nomes como Raphael Rabello (tio), Paulinho da Viola (pai) e César Faria (avô). Felizmente, João sabe que um músico não se faz apenas pela genética e tem provado isso com personalidade e um toque muito pessoal. Site oficial e completo.

JOVINO SANTOS NETO - Pianista e arranjador, Jovino tem no currículo nada menos que 15 anos ao lado de Hermeto Pascoal. Radicado nos EUA, ele continua ligado ao Brasil e está sempre trabalhando em novos projetos. Site oficial, com destaque para o blog atualizado pelo músico.

JUAREZ MOREIRA - Com 20 anos de carreira e uma dezena de discos lançados, o violonista, arranjador e compositor mineiro mantém a tradição brasileira no instrumento de seis cordas. Além de discos solos, entre eles tributos a Tom Jobim e Ary Barroso, gravou com Toninho Horta, Badi Assad e Ithamara Koorax. Site oficial e completo.

LEO GANDELMAN - Além de saxofonista, Leo também é produtor, arranjador e compositor. Formado pela Berklee College, dos EUA, o saxofonista é um dos mais requisitados músicos no país. Entre seus discos estão Pérolas Negras e Solar. Site oficial bem produzido, com muita informação, partituras e fotos.

LUCIANA SOUZA - A cantora paulista é considerada, pelo menos nos EUA, uma das mais respeitadas intérpretes da atualidade. Com três indicações ao Grammy na bagagem, Luciana, que vive no exterior, já conquistou seu lugar ao sol. Site oficial e completo.

LUCIANO QUEIROZ - O violeiro paulista tem na música do interior do Brasil sua principal fonte de inspiração. Além da carreira como músico, Queiroz também é luthier - fabricante artesanal de instrumentos de cordas. No site, o visitante encontra uma infinidade de informações sobre o universo da viola. Dicas de CDs, DVDs, vídeos e dezenas de links para sites de outros violeiros brasileiros. Site oficial e completo.

LUIZ BONFÁ - Bonfá é outro violonista brasileiro que precisou sair do Brasil para conseguir ser verdadeiramente reconhecido como um músico excepcional. Morto em 2001, Bonfá deixou em seu legado músicas como “Manhã de Carnaval” e “Orfeu Negro” e o disco Jazz Samba Encore, ao lado de Stan Getz e Tom Jobim. O site traz apenas as capas dos discos e informações sobre a discografia do músico.

LUPA SANTIAGO - O guitarrista brasileiro é um estudioso do instrumento. Formado pela Berklee, dos EUA, o músico concilia seu trabalho didático, com o lançamento de vários métodos de estudo, com sua carreira musical. Entre seus projetos estão discos com o trio Regra de Três e o quarteto Sinequanon. No site oficial, você encontra músicas e partituras para download.

MANI PADME TRIO - O trio brasileiro tem a latinidade no sangue. Formado pelo pianista cubano Yaniel Matos e pelos brasileiros Ricardo Mosca (bateria) e Zeca Assumpção (baixo), o trio mistura com competência música brasileira, cubana e jazz. Site oficial e completo.

MAOGANI - O jovem quarteto carioca de violões tem no choro sua maior influência. Os integrantes, todos bacharéis em música, misturam samba, bossa nova e compositores como Pixinguinha, Tom Jobim e Ernesto Nazareth. Página oficial com partitura, discografia e biografia.

MARCEL POWELL - O “dinastia” Powell ao violão continua nos dedos de Marcel, filho de Banden Powell. Em seus discos, o jovem músico mostra que o professor Baden fez um ótimo trabalho. Nascido na França, mas criado no Brasil, o toque de Marcel traz a originalidade da música brasileira misturada com elementos do flamenco e outros ritmos. Site oficial.

MARCO PEREIRA - Apesar de ser pouco conhecido do público, o violonista paulista tem um currículo de peso, com prêmios na França e Espanha. Com cinco CDs lançados, ele já acompanhou músicos como Wagner Tiso, Edu Lobo e Paulinho da Viola. Página oficial bem produzida e informativa.

MARIO ADNET - O violonista carioca começou sua carreira no grupo Semente. Apesar de ter discos solos, é como arranjador, produtor e compositor que Adnet já foi gravado por Joyce, Leny Andrade, Luiz Eça e Tom Jobim. Site oficial e muito bem produzido.

MARVIO CIRIBELLI - O eclético pianista de Niterói (RJ) tem formação clássica, mas mistura vários ritmos brasileiros como samba, baião, choro, bossa nova e frevo. Com uma dezena de discos lançados, Ciribelli também é proprietário do selo Mantra, professor de piano e palestrante em diversos eventos sobre música, Site oficial e completo.

MAURO SENISE - O flautista e saxofonista tem muitos anos de estrada e parcerias com Hermeto Pascoal, Paulo Moura, Gilson Peranzzetta e Antonio Adolfo. Para completar, é um dos fundadores do grupo Cama de Gato. Site oficial e completo.

MERETRIO - O trio paulista formado em 2003 por Emiliano Sampaio (guitarra), Gustavo Nobi (baixo) e Luís André “Gigante” (bateria) faz uma mistura interessante de jazz com diferentes tipos de ritmos. Os ex-colegas de Unicamp (Universidade de Campinas) também participam do projeto Movimento Elefante , que reúne diversas big bands brasileiras.

MICHEL LEME - Ao lado de Victor Biglione, Toninho Horta e Ricardo Silveira, o guitarrista paulistano Michel Leme é uma referência no instrumento no Brasil. Além de sua carreira solo e participações especiais em dezenas de discos, o músico tem um importante trabalho como professor e já lecionou em influentes conservatórios como Souza Lima e Escola de Música e Tecnologia. Site oficial e completo.

MOZART MELLO - Guitarrista e educador, Mello é cultuado por quase todo garoto que quer aprender a tocar guitarra. Com diversos métodos e vídeo aulas no mercado, o músico também trabalhou ao lado de grandes nomes da música instrumental brasileira e fez parte do grupo D’Alma, ao lado dos violonistas Ulisses Rocha e André Geraissati. Site oficial e completo.

NANÁ VASCONCELOS - O recifense Juvenal de Holanda Vasconcelos é considerado um dos melhores percussionistas do mundo. Radicado nos Estados Unidos desde o fim dos anos 60, ele já gravou com B.B. King, Pat Metheny e Egberto Gismonti. Site oficial e com um design moderno.

NELSON AYRES - Pianista, arranjador e compositor, Ayres é um dos mais importantes e experientes músicos brasileiros. Nos anos 60, nos EUA, criou ao lado de Victor Assis Brasil o grupo Os Cinco. Tocou no clássico Festival de Jazz São Paulo/Montreux, é membro do grupo Pau Brasil e foi diretor artístico da Orquestra Jazz Sinfônica de SP. Site oficial e completo.

NELSON FARIA - O guitarrista e violonista mineiro tem uma carreira consolidada dentro da música instrumental brasileira. Sua eclética discografia tem trabalhos ao lado da cantora Leila Pinheiro, do pianista Gilson Peranzzetta e do baixista Nico Assumpção. O lado professor do músico pode ser encontrado em vários livros publicados sobre como tocar guitarra e violão. Site oficial e completo.

NICO ASSUMPÇÃO - O baixista paulista foi um dos maiores expoentes do instrumento. Participou de cerca de 400 gravações, entre elas com Milton Nascimento, Caetano Veloso e Maria Bethânia. No exterior, tocou com Joe Henderson, Pat Metheny e Phil Woods. Site completo com discografia e fotos.

NICOLAS KRASSIK - O violinista francês radicado no Brasil é mais um músico estrangeiro que se apaixonou pela música brasileira. Em Paris, estudou violino clássico e com os anos acabou sendo influenciado pelo jazz. Tocou com o pianista Michel Petrucciani e é fã assumido de Jacob do Bandolim. Em 2008, lançou o disco Cordestinos. Site oficial e completo.

NILSON MATTA - O baixista brasileiro é outro músico que decidiu fazer carreira nos EUA. Gravou com feras como Joe Henderson, Kenny Barron, Yo Yo Ma e Nancy Wilson. Além disso, Matta faz parte do Trio da Paz, respeitado grupo de música instrumental brasileira, ao lado do violonista Romero Lubambo e do percussionista Duduka da Fonseca. Site oficial e completo.

NIVALDO ORNELAS - O veterano saxofonista mineiro tem sua carreira fortemente marcada pela parceria com o cantor Milton Nascimento, quando fez parte do grupo Som Imaginário. Ao lado Wagner Tiso, Paulo Braga, Toninho Horta, entre outros, Ornelas surgiu na efervescência cultural mineira que resultou no Clube da Esquina. Além de Milton, tocou com Hermeto Pascoal, Airto Moreira, Flora Purim, entre outros. Site oficial e completo.

NO OLHO DA RUA - Formado por músicos da noite carioca, o quarteto começou a tocar clássicos da bossa nova e composições próprias na orla das praias de Ipanema e Leblon. A “brincadeira” ficou séria e hoje o grupo tem quatro discos lançados e apresentações em bares do Rio. Site oficial e completo.

ORQUESTRA JAZZ SINFÔNICA - A orquestra é um patrimônio do Estado de São Paulo desde sua fundação, em 1990. Com cerca de 90 músicos, a Jazz Sinfônica mescla com criatividade a música brasileira, erudita e o jazz e já se apresentou ao lado de David Liebman, Stanley Jordan, Milton Nascimento, Eumir Deodato, entre outros. Site oficial.

OSCAR CASTRO-NEVES - O produtor, arranjador, violonista e compositor carioca morou nos EUA por três décadas. Morto em 2013, ele trabalhou com Sérgio Mendes e arranjou discos de Yo-Yo Ma, Joe Henderson, entre outros. Site com biografia e discografia.

PAU BRASIL - Com quase quatro décadas de história, o grupo criado por Roberto Sion, Rodolfo Stroeter, Nelson Ayres, Hector Costita e Azael Rodrigues é sinônimo de música de qualidade. No decorrer da carreira, músicos como Paulo Bellinati, Lelo Nazario e Teco Cardoso também passaram por aqui. Site oficial e completo.

PAULINHO DA COSTA - Radicado nos Estados Unidos desde os anos 70, época em que tocava com Sergio Mendes, o percussionista brasileiro é um dos músicos mais requisitados da terra do Tio Sam. Ele gravou com centenas de artistas, entre eles Dizzy Gillespie, João Gilberto, Michael Jackson e Madonna. Site oficial, em inglês, e completo.

PAULO BELLINATI - O violonista e compositor paulista é outro craque do instrumento. Com uma carreira internacional consolidada, Bellinati já trabalhou com Gal Costa, João Bosco e Chico Buarque. Seu disco mais conhecido é Afro-Sambas, ao lado da cantora Mônica Salmaso. Site oficial em inglês.

PIXINGUINHA - Autor da música “Carinhoso”, ele representou para a música brasileira o que Louis Armstrong representou para o jazz, a base de tudo. Pixinguinha foi um gênio e um dos maiores representantes do choro. Site oficial e completo.

QUATRO A ZERO - Os quatro músicos formados pela Unicamp - Lucas Casacio, Eduardo Lobo, Danilo Penteado e Daniel Muller - tem no choro sua principal matéria prima. Mas a formação eclética de cada um dos membros do quarteto paulista está sempre presente em arranjos instigantes para composições de Pixinguinha, Radamés Gnattali, Jacob do Bandolim e composições próprias. Site oficial e completo.

RICARDO HERZ - O jovem violista desenvolve um trabalho muito pessoal e criativo. Formado em violino pela Universidade de São Paulo, o músico também estudou nos EUA e na França, onde morou por 8 anos. Em 2012, ao lado do percussionista Pedro Ito e do violonista Michi Ruzitschka, lança o disco “Aqui é o meu lá”, com direção musical de Benjamim Taubkin, Site oficial e completo.

RICARDO SILVEIRA - O guitarrista carioca divide seu tempo entre EUA e Brasil. Mais conhecido no exterior, Silveira tem vários discos solos e participações em CDs de cantores como Ney Matogrosso, João Bosco e Gilberto Gil. Site oficial, com biografia, discografia e fotos.

ROMERO LUBAMBO - O violonista fluminense é considerado um dos melhores músicos do mundo em seu instrumento. Radicado nos Estados Unidos desde a década de 1980, Lubambo se desdobra para conseguir fazer parte de tantos projetos. Além da carreira solo, ele também toca com o Trio da Paz, ao lado do baterista Duduka da Fonseca e do baixista Nilson Matta, e faz participações especiais em diversos discos. Destaque para suas parcerias com as cantoras Leny Andrade e Diane Reeves. Site oficial e completo.

ROSA PASSOS - Conhecida no exterior como a versão feminina de João Gilberto, a cantora e violonista baiana precisou sair do Brasil para ser reconhecida. Em 2006, ela lançou um disco em parceria com o baixista Ron Carter.

SERGIO MENDES - Sua música hoje é rotulada de lounge, mas Sergio Mendes e seu conjunto - Brasil 66 - fizeram história nos EUA na década de 60. Em 92, seu disco Brasileiro ganhou o prêmio Grammy. Página completa e com detalhada discografia.

SIDIEL VIEIRA - O baixista e compositor paulista é um dos destaques da nova geração de instrumentistas do país. Assim como muitos músicos brasileiros, Vieira está envolvido em diversos projetos. Em 2014 lançou seu primeiro disco solo e um álbum com o quarteto Metropole. Durante a carreira, tocou com grandes nomes da mpb, entre eles Airto Moreira, Hélio Delmiro, Raul de Souza e Roberto Menescal. Site oficial e completo.

SIVUCA - O acordeonista, arranjador e compositor Severino Dias de Oliveira, o Sivuca, morreu no fim de 2006 deixando um legado e tanto para o Brasil. Em 50 anos de carreira, o músico paraibano divulgou a música nordestina por todo o país e também no exterior. Site oficial e completo.

SOUNDSCAPE BIG BAND - Só a amor pela música e pelo jazz pode explicar quase duas dezenas de músicos brazucas se reunirem para formar um big band. Esse é o espírito da Soundscape, grupo que por quase uma década se apresentou regularmente na extinta casa da Vila Madalena Blen Blen Brasil. Ao lado da pernambucana SpokFrevo Orquestra, a Soundscape é diversão garantida para quem procura o som das big bands com aquele jeitinho brasileiro. Site oficial e completo.

TÂNIA MARIA - A veterana cantora maranhense é mais um grande talento da música brasileira que deixou o país para fazer carreira no exterior. Após três décadas sem tocar em palcos brazucas, em 2005, ela foi recebida com festa por um público sedento de sua voz e do toque refinado de seu piano. Morando na França, Tânia Maria faz samba jazz de gente grande para gringos e brasileiros da gema. Site oficial e completo. Em inglês.

TOM JOBIM - Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim foi um dos maiores gênios da música mundial. Ele levou a música popular brasileira, em especial a bossa nova, para os quatro cantos do planeta. O site é completo, com discografia, fotos e letras das músicas.

TONINHO FERRAGUTTI - Nascido em Fortaleza, o acordeonista é um dos principais músicos brasileiros em atividade. Com trabalhos ao lado de Mônica Salmaso, Marisa Monte, Gilberto Gil e Chico César, Ferragutti também participa da Orquestra Popular de Câmara. Site oficial.

TONINHO HORTA - O guitarrista mineiro é mais um integrante do famoso Clube da Esquina. Sua guitarra já foi requisitada por dezenas de artistas no Brasil e no exterior. Nas últimas décadas, Horta vive nos EUA e tem excursionado por toda a Europa. Página oficial com vídeos, músicas, artigos e uma detalhada discografia.

TRADICIONAL JAZZ BAND (TJB) - Com 40 anos de carreira, o grupo tem seu repertório baseado no jazz tradicional de Count Basie, Louis Armstrong, Fats Waller e Duke Ellington. Formado por craques como Cidão Lima e Édo Callie, o TJB é um patrimônio brasileiro que deve ser conhecido. Site oficial e completo.

TRIO CORRENTE - O trio formado por Fábio Torres (piano), Paulo Paulelli (baixo) e Edu Ribeiro (bateria) lançou o primeiro CD em 2005. Desde então, comparações com Tamba Trio e Zimbo Trio são inevitáveis. No repertório, eles mesclam clássicos do choro e da MPB com composições autorais. A consagração veio com o prêmio Grammy de melhor álbum de jazz latino, em 2014. Site oficial e completo.

TRIO CURUPIRA - Formado pelo pianista André Marques, o baterista Cleber Almeida e o baixista Fabio Gouvêa, o trio paulista, declaradamente influenciado por Hermeto Pascoal, foi destaque do Free Jazz 2001. Com um trabalho voltado aos mais diversos ritmos brasileiros, o trio também traz influências do jazz, do erudito e da música árabe. Site oficial.

TRIO DA PAZ - Considerado o mais importante grupo brasileiro no exterior, o Trio da Paz é figura fácil em festivais dos EUA e da Europa. Formado por Nilson Matta (baixo), Romero Lubambo (violão) e Duduka da Fonseca (percussão), o grupo lançou cinco discos e contou com a participação de outras feras brasileiras como Naná Vasconcelos, Claudio Roditi e Cesar Camargo Mariano. Site oficial e completo.

TURÍBIO SANTOS - O violonista maranhense é um dos maiores instrumentistas do Brasil. Com formação erudita, o músico é especialista em Villa-Lobos e ainda interpreta compositores como Pixinguinha, Garoto e Luiz Gonzaga. Site oficial e completo.

UAKTI - O quarteto mineiro é um daqueles grupos que você fica se perguntando como algo assim pode existir. A genialidade de seus integrantes e seus instrumentos inusitados fazem qualquer ouvinte ficar sem palavras. O grupo trabalhou com Philip Glass. Site oficial e completo.

ULISSES ROCHA - O veterano violonista tem sua carreira marcada por grandes parcerias, entre elas com o também violonista André Geraissati, companheiro no grupo D’Alma, e com o arranjador César Camargo Mariano. Além de sua carreira como músico, Rocha também é professor da Faculdade de Música da Unicamp. Site oficial e completo.

VICTOR BIGLIONE - O guitarrista argentino radicado no Brasil é um dos mais ativos músicos do país. Com participações em dezenas de disco, em 2013 lançou seu 30º disco solo. O músico tocou com os maiores nomes da MPB, entre eles Gal Costa, Sérgio Mendes, Chico Buarque e Marcos Valle. Site oficial e completo.

YAMANDÚ COSTA - O jovem violonista da cidade gaúcha de Passo Fundo foi uma das maiores descoberta da música instrumental brasileira nos últimos anos. Com um prêmio Visa na bagagem e um disco em parceria com Paulo Moura, Yamandú já é sinônimo de violão e talento. Site oficial completo e interativo.

ZÉ EDUARDO NAZÁRIO - Ao lado do irmão e pianista Lelo Nazário, o baterista e percussionista Zé Eduardo fez história nos anos 70 e 80 ao tocar com Hermeto Pascoal e Egberto Gismonti e participar de projetos como o Grupo Um (com Rodolfo Stroeter e Mauro Senise) e o Pau Brasil (com Teco Cardoso e Marlui Miranda). Site oficial e completo.

ZÉ PAULO BECKER - Ao lado de Marcelo Gonçalves e Ronaldo do Bandolim, o violonista José Paulo Becker é integrante do Trio Madeira Brasil, conhecido grupo fluminense de chorinho. Em carreira solo, tem discos ao lado do cantor Marcos Sacramento e composições em parceria com como base de seu repertório. Site oficial e completo.

ZÉLI SILVA - O jovem baixista tem quatro CDs no currículo e um forte trabalho autoral. Entre seus parceiros mais assíduos estão o saxofonista Vitor Alcântara e o baterista Edu Ribeiro. No disco Una, de 2014, o baixo elétrico de Silva é acompanhado de craques como João Donato, Léa Freire, Chico Pinheiro e Arismar do Espírito Santo. Site oficial e completo.

Abaixo você encontra uma seleção de discos e shows na íntegra disponíveis para ouvir online. Bom divertimento.

Um comentário: